Amazon SEO: Como Usar Palavras-Chave para Vender Mais?

Marketing Organico

A cada mês, mais de 197 milhões de pessoas visitam a Amazon.com, a maior companhia de e-commerce do mundo. Com 12 milhões de produtos disponíveis, a concorrência é enorme e variada. Portanto, como fazer para se destacar na plataforma? A resposta está no SEO.

SEO para Amazon? É mesmo. As técnicas de SEO não só servem para o Google, o Bing e o Yahoo. Também há SEO no Pinterest, por exemplo, e até no YouTube.

Em qualquer motor de busca, no qual os usuários usam palavras-chave (keywords) para pesquisarem alguma coisa, podem se utilizar técnicas de SEO.

 

Por que fazer SEO no Amazon?

Depois de ler essa frase, você vai entender o porquê da importância da Amazon: só nos Estados Unidos, 9 de cada 10 compradores online consultam antes na Amazon o preço do produto que querem comprar. Nesse país, a companhia abrange metade de todas as compras online.

Quase metade dos usuários da Amazon nos Estados Unidos tem uma conta Prime e, segundo dados da própria companhia, cada um deles gasta uma média anual de US $1.400 em produtos através da Amazon.

Com esse nível de vendas, é lógico que as empresas latino-americanas estejam cada vez mais interessadas em investir em SEO para Amazon.

 

Palavras-chave para e-commerce

No caso do Amazon, estamos falando de SEO para e-commerce, já que o objetivo não é, por exemplo, aumentar o tráfego para o nosso site ou promover uma app, mas a venda online de produtos.

Não vamos aprofundar nos conceitos de SEO e e-commerce. Só vamos oferecer uma pequena definição: o Search Engine Optimization é um conjunto de técnicas para melhorar o posicionamento de um site ou conteúdo digital na página de resultados dos motores de busca.

Uma das principais técnicas de otimização de sites e conteúdos é a utilização de keywords ou palavras-chave. Elas conectam as intenções de busca dos usuários com os nossos produtos. São a ferramenta básica e principal do SEO.

Clique aqui se você precisar de informações detalhadas sobre o que é SEO e como funciona. Também pode consultar aqui as principais estratégias de SEO e clique aqui para dicas específicas sobre SEO para e-commerce.

 

Como fazer SEO para Amazon?

A9 é o nome do algoritmo da Amazon. O objetivo dos digital marketers é conseguir que o A9 encontre, entenda, classifique e mostre facilmente para os usuários o nosso produto.

Quando um usuário faz uma pesquisa no Amazon, os primeiros resultados que ele verá são anúncios, mas logo depois aparecerão os resultados orgânicos, isto é: aqueles resultados que por próprio mérito merecem aparecer primeiro, sem necessidade de investimento nenhum.

 

Amazon SEO optimization

Como se consegue esse posicionamento orgânico? Otimizando questões estruturais, as imagens e o texto. Também influenciam esse posicionamento o histórico da conta da empresa na Amazon e a performance anterior do produto.

Para otimizar os conteúdos do Amazon é recomendável:

  • Utilização correta das palavras-chave;
  • Colocação correta do título do produto;
  • Imagem com boa qualidade;
  • Inclusão de backend keywords;
  • Definição de uma estratégia de preço.

 

Amazon SEO Ranking

A Amazon gera e atualiza constantemente o seu próprio ranking de produtos, classificados em categorias e identificados com palavras-chave. Essa classificação é baseada nas possibilidades que cada produto tem de ser comprado pelos usuários que os procuram.

Para vender é preciso ter uma boa posição no ranking. Isto é, portanto, uma relação de ida e volta.

 

A importância das palavras-chave

Mesmo focando nas keywords, não devemos esquecer dos outros aspectos da otimização para Amazon. Dito isso, vamos voltar para aquele ranking de resultados. O algoritmo A9 vai definir a posição de um produto naquela lista de acordo com certas caraterísticas:

Preferências (do usuário)

Um fator que determina o posicionamento é o comportamento prévio do comprador, o seu histórico de pesquisas (com palavras-chave) e compras.

Performance (do produto)

Se temos produtos semelhantes com as mesmas keywords, a Amazon vai definir qual deles irá primeiro em base à performance que esses produtos tiveram no passado. O produto que mais vendas obteve, terá prioridade.

Então, quanto mais um produto vende, melhor posicionado estará.

Relevância (das palavras-chave)

Esse é o fator que nos interessa particularmente hoje. Não adianta só incluir palavras-chave para melhorar o posicionamento de um produto no Amazon. Por quê? Porque se muitos usuários clicam no seu conteúdo esperando encontrar uma coisa que não é, eles vão embora sem comprar e a Amazon percebe esse comportamento.

Em consequência, a plataforma entenderá que o seu produto não é relevante e mandará ele para o fundo do ranking.

Portanto, escolha bem as keywords e utilize-as sabiamente. Existem várias ferramentas para encontrar palavras-chave no Amazon, analisando quais as mais pesquisadas em cada categoria e região. Algumas dessas ferramentas são grátis.

As keywords podem ir na descrição do produto e também no título, mas a Amazon permite incluir uma lista de palavras-chave ocultas (backend) para potenciar as possibilidades que um produto tem de ser encontrado. Essas backend keywords podem até ser frases completas.

 

Dicas para usar palavras-chave na Amazon

Além de otimizar o seu conteúdo de acordo com os parâmetros da própria plataforma, é importante utilizar corretamente as palavras-chave. Vamos ver agora algumas dicas para consegui-lo.

Use buscadores de palavras-chave específicos para Amazon

As palavras-chave que funcionam no Google não necessariamente funcionarão na Amazon. Procure buscadores de palavras-chave que sejam específicos para a Amazon, como Keyword Tool ou Sonar (há mais).

Use só palavras-chave relevantes

Um erro comum é incluir keywords populares, ou seja, que são muito usadas no Amazon, só para ganhar visibilidade, até quando essas palavras-chave não são relevantes para o nosso produto. Isso afeta a performance do produto, mas também pode trazer penalizações por parte da Amazon, que é consciente dessa prática de algumas companhias.

Pense como usuário

Quando você começar a escrever alguma coisa na barra de pesquisa, a Amazon vai oferecer opções de autocompletamento com as pesquisas mais populares. Por exemplo, se você escrever a palavra “camisa” o autocompletador pode sugerir adicionar “masculina” ou “do flamengo” de acordo com as pesquisas mais populares na região onde o usuário se encontra.

É importante se colocar na posição do usuário e orientar as nossas keywords para as pesquisas que as pessoas fazem e do jeito que elas as fazem.

Na Chili trabalhamos com SEO para Amazon e complementamos isso com estratégias abrangentes de SEO para e-commerce. Entre em contato conosco para saber como aplicar essas técnicas na sua empresa.

Gostou deste artigo? Deixe a sua opinião nos comentários!