Planejamento Estratégico: O Que É e Como Fazer! [GUIA COMPLETO]

Estratégias de Mercado

Se você é uma dessas pessoas que adoram criar documentos no Excel, gestionar projetos no Trello e fazer listas para tudo o que você empreende, então você sabe da importância do pensamento e do planejamento estratégico de uma empresa.

Mas se você não é muito organizado para gestionar projetos, este artigo é para você. 

Saiba o que é e como fazer um bom planejamento estratégico de maneira simples e prática.

 

Planejamento Estratégico: O Que É?

planejamento-estrategico-o-que-e

Segundo a definição clássica do conceito de planejamento estratégico, ele é o conjunto de técnicas e ferramentas metodológicas que fazem parte da definição de objetivos, ações, administração e revisão de um determinado processo.

No âmbito organizacional, o planejamento é a base de uma boa gestão

Quando falamos de planejamento estratégico estamos fazendo referência a um tipo de planejamento abrangente, que inclui fatores externos e possíveis riscos no próprio planejamento.

Não é um plano ou uma guia para começar a trabalhar. É um processo sistemático, contínuo e constante.

 

Planejamento Estratégico, Tático e Operacional

Os especialistas em gestão de organizações concordam que existem três diferentes tipos dentro do conceito de planejamento: a parte que corresponde à estratégia, a parte tática do planejamento e as questões operacionais. 

Vamos conhecer cada uma delas:

  • Planejamento Estratégico: são os objetivos gerais, de longo prazo, alinhados à missão, aos valores e à cultura institucional da organização. Corresponde às posições mais altas da hierarquia administrativa;
  • Planejamento Tático: geralmente associado à gerência, o planejamento tático é a instância das equipes e departamentos específicos da organização. Os objetivos são de médio prazo;
  • Planejamento Operacional: são as ações concretas que no dia a dia fazem, no âmbito empresarial, os funcionários. Os objetivos são de curto prazo e geralmente corresponde a supervisores o dever de coordenar essas ações.

 

Para Que Serve o Planejamento Estratégico?

São muitas as vantagens de trabalhar com um bom planejamento estratégico, ele permite desenvolver estratégias para:

  • atingir o público-alvo e atrair clientes;
  • otimizar o uso dos recursos;
  • trabalhar na fidelização dos clientes;
  • entender quando, como e onde lançar novos produtos ou serviços;
  • aumentar os lucros e diminuir os riscos;
  • agir e reagir rapidamente perante às mudanças;
  • estabelecer, melhorar, cuidar ou reparar a reputação da nossa marca;
  • identificar novos mercados, nichos e oportunidades comerciais;
  • prever ameaças;
  • e analisar a própria gestão.

O planejamento estratégico de marketing é tão importante que praticamente não existe uma empresa séria que não tenha planejado estrategicamente as suas ações e objetivos desde o momento da conceição do plano de negócio.

 

Como Se Faz o Planejamento Estratégico?

como-se-faz-o-planejamento-estrategico

Não existe um modelo de planejamento estratégico universal, porque cada organização e cada projeto tem qualidades, objetivos, recursos e características diferentes. 

Ainda assim, há um certo grau de consenso sobre as etapas do planejamento estratégico.

Poderíamos resumir o passo a passo do planejamento assim:

 

Criação da Estratégia

É o começo do projeto, o momento no qual são definidos os objetivos e os prazos e onde a divisão de tarefas é feita. 

Para poder desenvolver um planejamento estratégico sustentável é necessário ter definido previamente alguns aspectos-chave, como a cultura, missão e valores da própria organização. 

Também é importante fazer uma análise dos pontos fracos e fortes da organização e do projeto, os fatores externos, etc.

 

Planejamento

Aqui é onde se definem os prazos e ações concretas para atingir os objetivos estratégicos propostos. 

Devem se escolher os indicadores que permitirão o seguimento da performance do projeto ou campanha.

 

Adaptação Entre a Organização e a Estratégia

Os diferentes times da organização deverão se preparar para desenvolver as ações necessárias para atingir os objetivos propostos no planejamento estratégico. 

Questões como a motivação, a formação e o alinhamento entre as diferentes áreas funcionais da organização serão fatores-chave para o sucesso da estratégia.

 

Planejamento Operacional

Esse é o momento da estruturação do plano

Nesta etapa é recomendável analisar quais aspectos do funcionamento da organização são os mais importantes em relação à nossa estratégia. 

É o momento de alinhar os objetivos e ações concretas para otimizar a relação entre orçamento, recursos, ações, etc. O feedback neste processo todo é indispensável.

 

Monitoramento e Análise

Ao longo do processo devemos manter uma atitude crítica e vigilante

O monitoramento constante fomenta a visão analítica e permite identificar rapidamente o que deve ser melhorado e o que é que está funcionando bem.

 

Teste e Adaptação da Estratégia

Adaptar-se é evoluir

Por isso, analise os dados recolhidos até o momento, reúna os diferentes times e avalie se a estratégia é ou não é a correta de acordo com os objetivos e a missão da organização. 

E no caso de considerar que a estratégia é apropriada, estamos trabalhando bem nela?

Estas reuniões devem ter certa regularidade (cada três, seis ou doze meses, por exemplo).

 

Planejamento Estratégico: Modelos Práticos

Vamos ver alguns modelos de planejamento estratégico com um mesmo exemplo. 

Situação hipotética: somos uma loja de animais e o nosso objetivo é ser a o melhor petshop da cidade. 

Bora:

 

Modelo de Cascata

O planejamento parte do topo para baixo. No topo estão os valores da empresa e a nossa missão, no caso: ser a melhor petshop da cidade. 

Logo se definem os objetivos e depois as ações que deverão desenvolver-se para que aquilo que foi definido no topo aconteça.

 

Modelo BSC

O modelo Balanced Scorecard é menos verticalista do que o anterior. 

De fato ele tem uma estrutura de gestão com quatro dimensões: clientes, processos internos, aprendizagem e crescimento

Se seguimos com o exemplo do petshop, a ideia não é que a missão (ser o melhor petshop) derrame para baixo. 

Neste modelo essas dimensões são organizadas de acordo com o as necessidades da organização, adicionando, removendo ou modificando objetivos estratégicos para cada setor.

 

Modelo Canvas

Um dos preferidos pelos planificadores estratégicos contemporâneos é o modelo canvas, uma ferramenta para organizar, justamente, o planejamento de uma estratégia comercial. 

É uma planilha de gestão estratégica para o desenvolvimento de modelos de negócio novos e existentes.

Desenvolvida por Alexander Osterwalder em 2009, essa metodologia ganhou rapidamente muitos entusiastas, por causa da sua simplicidade visual da composição gráfica da própria planilha, que organiza os elementos por áreas, como propostas ou valores da empresa ou do produto, infraestrutura, clientes e finanças.

Lembrando do exemplo do petshop, neste modelo o planejamento não vai de cima para baixo, nem se organizam os conceitos em base às condições do momento. 

Nesta planilha todos os aspectos ficam visíveis, um junto do outro, oferecendo um olhar mais abrangente

Portanto, para sermos a melhor loja de animais da cidade, cada um dos factores que determinam a nossa estratégia entra em jogo com os outros em um modelo mais horizontal e dinâmico.

E aí, entendeu o que é o planejamento estratégico? 

Você já tinha feito um? Conte para nós quais os desafios, benefícios e riscos de acordo com a sua experiência. 

Deixe a sua opinião nos comentários e ajude outros profissionais a desenvolverem os seus próprios planejamentos estratégicos.