Entenda o que é benchmarking e confira exemplos de como fazê-lo!

Marketing Digital

Normalmente utilizado pelas áreas de Negócios e Marketing, entender o que é benchmarking e como aplicá-lo é essencial para desenvolver a inteligência de mercado, ponto crucial para o desenvolvimento dos negócios e ampliação de share de mercado.

Neste artigo, explicaremos o que é benchmarking, como ele pode ser usado no marketing digital e quais os passos para implementá-lo a favor das vendas na empresa. Continue a leitura e aprenda!

 

O que é benchmarking?

Em tradução literal, a palavra benchmarking significa avaliação comparativa. Aplicando ao mundo do marketing, o benchmarking é uma ferramenta estratégica aplicada para entender e comparar critérios relacionados ao mercado e aos concorrentes, a fim de aplicar melhorias no negócio para que ele se destaque em relação aos competidores.

A aplicação do benchmarking ocorre por meio de coleta, análise, interpretação e mensuração de dados coletados, a fim de desenvolver uma estratégia de negócio pautada em dados.

Para iniciar o processo de benchmarking, é necessário definir KPI’s (key performance indicators) que servirão como base de comparação e referência.

Vamos a um exemplo.

Suponha que a montadora automotiva ABC está lançando um novo carro e precisa entender em quais regiões do país as pessoas mais compram modelos SUV de marcas concorrentes.

Para isso, será necessário coletar dados da Anfeava (associação nacional dos fabricantes de veículos automotores) que informem quantos modelos de SUV foram produzidos e comparar com o número de emplacamentos em cada uma das 4 regiões do país.

Com base na coleta, cruzamento e interpretação desses dados, a empresa ABC então terá a informação sobre onde estão concentrados os maiores compradores de SUV no país. A partir daí, essa informação pode ser usada para concentrar esforços de marketing nas regiões com maior propensão à compra, por exemplo.

Como usar o benchmarking no Marketing Digital?

Embora o benchmarking seja uma ferramenta comum no marketing tradicional, ele também é bastante utilizado no Marketing Digital. Alguns de seus usos incluem o seguinte olhar aos concorrentes:

  • Monitoramento dos números das redes sociais;
  • Menções à marca nas redes sociais;
  • Vídeos e campanhas institucionais;
  • Performance do site e e-commerce;
  • Acompanhamento da produção de conteúdos;
  • Eventos e ações interativas;
  • Entre outros.

Como fazer benchmarking?

Se você identificou que precisa de benchmarking em sua empresa, mas ainda não sabe como fazê-lo, vamos demonstrar o passo a passo para iniciá-lo. Confira.

Defina quem são seus principais concorrentes

O primeiro passo é mapear quais são os principais competidores do seu negócio. Pode parecer simples, mas muitas empresas não têm clareza sobre quem está concorrendo com ela no mercado, principalmente no digital.

Um ponto de atenção nesta etapa é identificar não só os concorrentes diretos, mas também os indiretos, que podem não vender o mesmo produto/serviço que a sua empresa, mas pode tomar o lugar do seu produto no momento da compra.

Ainda usando o mercado automotivo como exemplo, o concorrente indireto de uma montadora pode ser o Uber, já que as pessoas tendem a deixar de comprar carro para se locomover por meio da frota do aplicativo.

Estabeleça os KPI’s que deseja mapear

Uma excelente forma de criar um benchmarking é por meio de planilha comparativa que apresentará os números da sua empresa e dos seus concorrentes. Para isso, é preciso definir quais os KPI’s serão acompanhados. Eles podem ser:

  • Total de seguidores nas redes sociais;
  • Número de publicações nas redes sociais;
  • Total de produtos anunciados no e-commerce;
  • Periodicidade em que lança novos conteúdos no site;
  • Valor investido em mídia paga;
  • Total de vendas;
  • Entre outros.

Colete os dados

O próximo passo do benchmarking é coletar os dados definidos na etapa anterior. Para isso, dois caminhos se fazem os principais:

  • Coletar números dos canais dos concorrentes: site, redes sociais etc.
  • Acessar os dados públicos: disponíveis em plataformas e sistemas de pesquisa de mercado.

Crie um plano de ação

Depois de captar os dados e tê-los unificados em um único lugar (planilha, dashboard etc.) é hora de analisá-los e tirar as conclusões.

A partir disso, um plano de ação pode ser feito de acordo com a visão obtida no benchmarking.

Por exemplo, suponha que, ao final do benchmarking, você descobriu que a sua empresa é a única que ainda não tem um e-commerce, e isso tem impactado também nos seus números nas redes sociais, que estão abaixo dos concorrentes que possuem um e-commerce. Neste caso, o plano de ação esperado é que você crie um projeto para implementação da loja virtual no site da marca. 

Como uma agência digital pode ajudar no benchmarking para seu negócio?

Agora que você entendeu o que é benchmarking e como usar essa poderosa ferramenta de inteligência de mercado, pode estar se questionando se você e sua equipe darão conta de implementar mais essa demanda dentro do escopo de trabalho.

Se a resposta for não, nós temos a solução! Ao contratar a melhor agência de marketing digital da América Latina, você terá suporte para entender melhor seus concorrentes e encontrar oportunidades de negócios a partir do benchmarking.

Conheça a Chili e saiba como podemos ajudá-lo a se destacar da concorrência! Conheça o serviço de Gestão de Reputação da Chili.