Briefing: Por Que Você Ainda Não Faz?

Marketing Marketing Digital

Organização e planejamento são pontos fundamentais a serem priorizados no momento de iniciar um projeto.

No mercado de marketing e comunicação não é diferente. É nesse contexto que a estruturação de um briefing ganha importância.

De forma simples e direta, o briefing é de grande ajuda para registrar e organizar as ideias de um projeto.

O que se pretende fazer, de qual forma e seguindo quais parâmetros definidos.

Um briefing bem feito e estruturado com todas as informações do projeto é a melhor forma de começar um projeto de sucesso.

 

Briefing o que é?

Como falado anteriormente, o briefing servirá como um guia durante a realização do projeto. Porém, essa não é sua única função.

Ele também oferece algo que é fundamental para o projeto em todas as etapas: visibilidade.

Porém, o briefing não se limita apenas ao início de um projeto, essa estratégia pode ser utilizada sempre que uma equipe tenha um problema que precise ser resolvido.

Ao visualizar os processos desde o início, é possível definir planos de ação, além de trabalhar com um direcionamento bem definido e estruturado.

Um ponto fundamental é que o briefing é sempre construído diante das necessidades que o cliente apresenta.

Apesar de ser um recurso com uso muito mais amplo e com diversas possibilidades, o briefing é frequentemente associado ao processo de criação. Essa correlação faz bastante sentido!

No contexto da criação o briefing apresenta de forma resumida e direta as estratégias que farão parte do projeto.

Essa característica é de grande valor para essa área justamente porque torna a comunicação com o cliente muito mais clara e objetiva.

A iniciativa de criação de um briefing ajuda a reduzir retrabalho, ao reduzir o ruído da comunicação, e valorizar o tempo de todas as pessoas envolvidas no processo, por consequência.

 

Para o que serve o briefing?

O briefing é uma forma rápida e prática de contribuir para o alinhamento de um time.

Ao realizar um projeto é fundamental que todos os participantes saibam de forma bem clara quais são as principais informações e os objetivos daquela iniciativa.

 

Trabalho mais rápido e assertivo

Qualquer modelo de briefing bem feito se baseia em um alicerce: informações completas.

Quanto mais informações relevantes estejam nesse documento, maior será o embasamento do time para criação, otimização e seleção de ideias.

 

Entregas mais ágeis

Além da qualidade do trabalho, a entrega também é impactada pelo briefing.

Com acesso a todas as informações relevantes e o direcionamento esperado para o projeto, o time poderá pular várias etapas que seriam necessárias caso esse recurso não existisse.

O tempo de projeto torna-se mais ágil, mas também a ausência da necessidade de retrabalho gerado pela entrega de projetos que não estão alinhados com as expectativas tanto internas quanto dos clientes.

 

Eficiência no planejamento

O briefing ajuda a colocar a bola no chão e determinar expectativas mais concretas  para o projeto.

Ao reunir todas as informações e analisá-las, é possível ter visibilidade sobre o que é viável projetar e esperar do projeto e o que não é.

O alinhamento de expectativas ajuda a evitar decepções e um desgaste desnecessário da equipe.

 

As informações mais relevantes para o modelo de briefing

No caso do marketing, existem alguns pontos que uma agência definitivamente não pode deixar de mapear no processo de criação do modelo de briefing.

 

Dor

Geralmente quando o cliente fala sobre sua dor, para fins de planejamento, é necessária uma imersão para entender o que ele realmente quer dizer além do superficial.

“Quero vender mais” ou “quero lucrar mais”, por exemplo, são muito genéricos e superficiais. Ao aprofundar-se no tema a partir de perguntas é possível identificar a fundo qual é o real problema do cliente.

 

Impacto

É o passo seguinte a ser tomado após identificar a dor superficial do cliente. Aqui será possível entender quais consequências acontecerão caso aquele processo não seja bem sucedido.

Ao perceber a ciência do time em relação às dores dele, cria-se uma relação muito mais sólida e baseada na empatia. Isso torna a comunicação mais fluida e honesta, tornando os processos mais ágeis.

 

Objetivos do projeto

Não importa quantos serviços ou ferramentas incríveis sejam oferecidas ao cliente, tudo isso apenas fará sentido caso ele consiga visualizar como aquilo irá resolver o problema.

Uma proposta que não faz sentido para o cliente dificilmente será aprovada e cria um descompasso que é bem difícil de consertar no curso da negociação.

 

Os principais tipos de briefing

As opções de tipos de briefing são bastante diversas. Por isso, ao criar um modelo de briefing é importante basear-se em algumas questões como o objetivo e o tipo de mídia que será utilizada.

Confira algumas das principais variações utilizadas no marketing:

 

Briefing para blog posts

No caso dos blog posts, o briefing é fundamental para fornecer o maior número possível de informações para o redator e direcioná-lo para que ele produza um texto alinhado ao objetivo daquele conteúdo.

Entre os tipos de briefing existentes, os para blog posts são usualmente os mais completos. Como diversas pessoas estão envolvidas nesse processo, quanto mais informações os colaboradores envolvidos tiverem, mais alinhados eles estarão.

As partes fundamentais de um modelo briefing são:

  • Identificadores;
  • Elementos obrigatórios;
  • Explicação do conceito.

Vamos conhecê-los mais a fundo!

 

Identificadores

Os identificadores são as informações fundamentais para a execução do conteúdo:

  • Título e data: formaliza aquele conteúdo e reduz a possibilidade de erros;
  • Quantidade de palavras: Essa definição deve se basear no potencial do conteúdo ou qual amplo ele é. Outra utilidade é mais prática, pois essa definição facilita o pagamento de redatores freelancers, que cobram por palavra.
  • Palavra-chave + densidade: a definição da palavra-chave é muito importante para o ranqueamento nas ferramentas de busca. Ele precisa estar em destaque e em uma densidade adequada para otimizar a performance do conteúdo.
  • Persona: qual é o leitor ideal para quem esse conteúdo está sendo escrito?
  • Etapa da jornada: o tipo linguagem, a forma de se comunicar e o tom do texto serão modificados de acordo com a etapa do funil em que o leitor se posiciona.

 

Elementos identificadores

São os elementos que obrigatoriamente devem estar no conteúdo produzido. Conteúdo de forma padronizada e bem organizada aumenta a autoridade do blog.

Veja os principais elementos de um blog:

Instruções de linkagem: especificar a quantidade de links internos e externos presentes no texto.

Call to action: qual é a CTA mais adequada e efetiva para este blog post?

Disposição do texto: seguir a hierarquia dos headers (h2 >> h3 >> h4 >> h5) deve ser um mantra para qualquer redação.

Imagens: quantidade de imagens e formato dos textos alternativos e de atributo.

 

Explicação do conceito

Definir o que o redator precisará pesquisar, os argumentos a serem utilizados, qual a dor precisa ser solucionada ao final do conteúdo.

É interessante mencionar nessa etapa:

  • Abordagem do texto;
  • Como escrever a introdução;
  • Formato do texto, em lista ou corrido;
  • Quais assuntos devem ser evitados;
  • Prévia dos principais argumentos ou pontos da lista.

 

Briefing para peças de mídias sociais

O briefing ajuda a definir todo o conceito do conteúdo para redes sociais. Isso inclui todo o conteúdo escrito e a escolha das imagens ou peças gráficas.

Isso ajuda todos envolvidos no processo a terem clareza sobre qual o sentido e o objetivo daquela peça.

Pontos importantes a considerar no processo de criação de briefing para redes sociais:

  • Em quais mídias esse conteúdo será postado?
  • Quais as especificidades para cada mídia?
  • Serão utilizados stories? Quantos? Quais os textos? Quais imagens?
  • Serão trabalhadas enquetes?

 

Briefings para e-books e materiais ricos

A produção de um material rico é algo mais complexo. Isso porque envolve diversas variáveis, com tempo de produção maior e incorporação de muitos conteúdos em um material que faça sentido.

Veja abaixo quais informações são importantes em um cronograma para lançamento de e-book:

 

Introdução

Explicar o que é aquele ebook, sobre qual assunto ele trata e porque ele é importante estrategicamente.

 

Materiais

Todo o conteúdo de divulgação do e-book, seja por mídias sociais, e-mail marketing, landing page e mais.

 

Cronograma

Qual é o prazo de entrega para cada uma dessas peças e etapas.

 

Recursos

Quais materiais podem contribuir para a qualidade e assertividade da mensagem que se pretende comunicar. Estão inclusos o texto, artes e gráficos, o manual da marca, etc.

 

Briefing para o texto

O direcionamento de cada capítulo do ebook, seja da introdução ao encerramento.

 

Briefing para a diagramação

Incluir as indicações e recomendações de diagramação que foram desenvolvidas durante a concepção do conteúdo.

 

Briefings para peças esporádicas, não padronizadas

Aqui está basicamente um esqueleto que pode ser usado para qualquer tipo de conteúdo. Como descrito acima, o briefing é um processo útil e necessário para qualquer projeto que busque eficiência.

Confira algumas etapas básicas:

  • Identificar quem é o cliente e qual é o material: quem é o público e porque aquele material faz sentido para ele
  • Justificativa do conceito: por que esse material está sendo produzido? Quem ele irá impactar e de que forma?
  • Orientações do cliente: ao prestar serviços para clientes, eles sempre apresentarão demandas que façam sentido para o seu negócio. É importante ter todas essas demandas organizadas em um só lugar.
  • Materiais: histórico de tudo o que já foi produzido para esse cliente e, caso exista, o manual da marca.
  • Dimensões: qual será o tamanho daquela peça e onde ela estará inserida
  • Tom voz: há duas variáveis a serem consideradas, a demanda do cliente e o entendimento da etapa do funil. Cabe um tom mais de vendas ou mais emocional?

Gostou do conteúdo sobre briefing? Conseguiu entender a importância de estruturar o planejamento para um plano de ação?

A Chili é uma agência especialista em marketing de performance e atua para identificar, atrair e converter os consumidores com foco em resultados.

Fale pra gente sobre suas experiências! Deixe nos comentários suas experiências usando essa técnica. Será de grande ajuda para outros profissionais.