SEO Para Pinterest: Aprenda Como Gerar Mais Tráfego Orgânico!

Marketing Organico

Bem-vindo ao blog da Chili! Hoje vamos ver como aumentar o seu tráfego orgânico através da otimização dos seus conteúdos no Pinterest.

Fazer SEO para Pinterest é sempre uma boa escolha, mas a primeira coisa que devemos aclarar é o significado da sigla SEO, não é mesmo?

Podemos definir o Search Engine Optimization como um conjunto de técnicas usadas para melhorar o posicionamento de um site ou conteúdo no ranking dos motores de busca para aparecer nos primeiros lugares na página de resultados desses buscadores.

 

Pinterest e SEO

O SEO não é publicidade. A ideia é ganhar ou aumentar o tráfego orgânico, isto é: atrair visitantes e potenciais leads por fora dos anúncios pagos.

As técnicas de otimização consistem em melhorar as URLs, escolher e colocar corretamente as keywords mais apropriadas, fazer bom uso dos metadados e dos conteúdos visuais e audiovisuais, construir um bom sistema de linkagem, entre outras ações.

O SEO não só é aplicável ao Google, mas também funciona em outros buscadores, como o Bing ou Yahoo, plataformas, como o Amazon, e redes sociais, como o Pinterest.

O Pinterest é uma plataforma para criar, compilar e administrar coleções de imagens. O nome faz referência às palavras inglesas Pin, que poderíamos traduzir como alfinete, e Interest, que significa interesse.

Naturalmente, as coisas que os usuários “picam” passam a formar parte das coleções deles. Essa informação é muito útil para descobrir os interesses da audiência e dirigir os anúncios de um jeito mais personalizado e eficaz.

As categorias de interesses são muitas e bem variadas, mas existem tendências majoritárias claramente definidas, como receitas, dicas de beleza e conteúdos de moda e decoração.

 

Como funciona o SEO para Pinterest?

O Pinterest pode ser considerado, em certo sentido, um motor de busca, pois a mecânica da plataforma se baseia em uma barra onde as pessoas escrevem o que querem procurar.

Esses termos que os usuários utilizam são as famosas palavras-chave (ou keywords) que servem como nexo entre as intenções de busca dos usuários e os conteúdos que a plataforma vai mostrar para eles.

As keywords são a base do SEO. Não são o único elemento que constitui o conjunto de técnicas para melhorar o posicionamento online nos buscadores, mas possivelmente seja o mais importante.

Agora, como faz o Pinterest para decidir quais são os conteúdos mais apropriados para serem mostrados na página de resultados de busca? Essa escolha é definida por quatro fatores principais:

 

A qualidade do site

O Pinterest entende que um site com uma boa qualidade tem um alto grau de engajamento dos usuários. A plataforma mede o desempenho dos links entre os seus pins e o seu site ou loja virtual. Um histórico das compras feitas através dos seus pins com bons níveis de participação e compra fará com que o Pinterest considere que o seu site é importante e visará mostrá-lo primeiro quando os usuários fizerem buscas relacionadas com o seu negócio.

A qualidade do pin

Quando um usuário for pesquisar um assunto, os pins que aparecem primeiro são conteúdos que tiveram uma boa performance, porque os usuários clicaram nele, comentaram ou compartilharam.

A qualidade do pinner (usuário)

Assim como o Pinterest analisa o desempenho do site, também analisa o histórico de interações dos usuários, chamados Pinners nesta plataforma. Quando um pinner faz uma pesquisa, o Pinterest tem em consideração as pesquisas anteriores, as compras feitas e o comportamento geral do usuário para escolher as opções mais relevantes para ele.

A relevância do assunto

A relevância do assunto tem a ver com as palavras-chave. Mas não basta colocar keywords e pronto. Se você colocar bem as keywords, mas o seu conteúdo não é relevante para os usuários, eles não vão interagir com o seu pin e ele ficará cada vez mais abaixo na lista de resultados que o Pinterest mostra.

Esses quatro fatores estão interligados e o desequilíbrio em um deles afeta os outros.

 

Por que fazer SEO para Pinterest?

Desenvolver uma estratégia de SEO para Pinterest é uma boa forma de alcançar segmentos de mercado específicos, mas não se confunda: não é um mercado pequeno. Só no Brasil, o Pinterest tem 38 milhões de usuários únicos mensais.

O Brasil está entre os 10 países com maior quantidade de usuários desta rede social. No mundo, o Pinterest tem ao redor de 500 milhões de usuários, o que a torna uma das redes sociais mais usadas.

A diferença principal com outras redes, e o que faz com que o Pinterest seja tão atrativo para as empresas, é o alto grau de tendência ao consumo que têm os pinners.

93% dos pinners planejam compras na plataforma, 90% toma decisões de compra nela e 87% deles já fizeram pelo menos uma compra através do Pinterest.

Isso faz com que o Pinterest seja uma plataforma ideal para as empresas aplicarem estratégias de SEO para eCommerce e um excelente canal para elas ganharem tráfego orgânico para seus sites.

Em geral, os pinners têm 47% mais possibilidades de entrar em contato com novos produtos e serviços do que os usuários de outras redes sociais.

Um outro fator benéfico é que existe um menor volume de concorrência no Pinterest, sendo que muitas empresas focam os seus esforços em outras plataformas, como o Facebook, o Instagram ou o TikTok.

Você pode apostar em uma estratégia abrangente, que inclua tanto o Facebook e o Instagram, como o Pinterest e outras redes, como o SnapChat, por exemplo.

A questão-chave é definir quais os canais mais apropriados para você alcançar o seu público-alvo e atingir os seus objetivos.

Aliás, as estratégias de SEO podem se combinar com os seus anúncios no Pinterest Ads, construindo assim uma abordagem integral. Se pensa que isso tudo pode ser um pouco confuso, não se preocupe. Para isso é que existem as agências de SEO e marketing digital.

Não duvide em falar com os especialistas da Chili para saber como gerar mais tráfego para o seu site através do SEO para Pinterest.

O que achou deste artigo? Quer compartilhar a sua opinião? Deixe-a nos comentários!