Facebook Ads: O Que É, Como Funciona e Como Usar no Seu Negócio?

Marketing Pago

Com uma média de 2.449 milhões de usuários mensalmente, o Facebook é a maior rede social do mundo

Segundo uma pesquisa feita em 2019 em conjunto pelas companhias We Are Social e Hootsuite, o Facebook é o terceiro site mais visitado no mundo. 

Se encontra só depois do Google e do YouTube. Também é o termo mais buscado na Internet.

Segundo dados de 2019, mais ou menos 130 milhões de brasileiros usam o Facebook todo mês, colocando o país no terceiro lugar no ranking dos países com maior quantidade de usuários (o primeiro é a Índia e o segundo os Estados Unidos).

Em 2019 a própria plataforma anunciou que mais de 6 milhões de pessoas e negócios utilizaram a plataforma de anúncios do Facebook neste ano. 

Isto significa um incremento de 2 milhões a mais se comparamos os dados do ano 2016. Quer dizer: em três anos, os anúncios no Facebook cresceram um 33% (e ainda não temos os dados de 2020, mas sabemos que a pandêmia fez com que o e-commerce vivesse um boom que, com certeza, refletirá nos anúncios do Facebook).

Cada vez mais companhias estão se anunciando nesta plataforma, mas, então, o que é Facebook Ads?

 

Facebook Ads: O Que É?

facebook-ads-o-que-e

O Facebook Ads é a ferramenta de marketing digital do Facebook (e do Instagram)

Através dela é possível criar campanhas para divulgar anúncios para diferentes públicos, graças às opções de segmentação que a plataforma oferece.

 

Facebook Ads: Como Funciona?

Um anúncio no Facebook é uma publicidade paga dentro da própria plataforma. 

Contudo, para que seja possível criar um anúncio é necessário ter uma conta business no Facebook. As contas business são gratuitas e têm certas funções que as contas pessoais não têm. Entre elas, a possibilidade de criar anúncios através do Facebook Ads Manager.

 

Facebook Ads: Vantagens

Entre as vantagens de anunciar no Facebook podemos destacar:

  • A segmentação de mercado que facilita às empresas atingir os seus públicos-alvo com precisão;
  • A diversidade de formatos de anúncios possíveis que aportam flexibilidade e dinamismo na hora de publicar em diferentes dispositivos;
  • A capacidade de análise que os relatórios da própria plataforma oferecem.

 

Quais As Categorias de Anúncios no Facebook?

A lista dos diferentes tipos de anúncios que podem ser feitos no Facebook não é estática, porque a própria plataforma está sempre se atualizando e aplicando mudanças. 

Ainda assim, existem quatro categorias básicas:

  • Vídeo: conteúdos audiovisuais;
  • Imagem: fotografias e desenhos;
  • Collection: itens do seu catálogo de produtos, com link direto para a compra;
  • Carousel: uma coleção de imagens ou vídeos condensados em um mesmo anúncio.

 

Como Anunciar no Facebook Ads?

como-anunciar-no-facebook-ads

Já sabemos o que é, como funciona e as vantagens da plataforma de anúncios do Facebook, mas agora afinal, como usar o Facebook Ads? 

Vamos ver um passo a passo:

 

Escolha o Seu Objetivo

O que é que você quer ganhar com o seu anúncio? 

De nada serve criar uma campanha se você não tem uma estratégia previamente definida. 

O planejamento é tudo.

Se você já sabe o que quer e já definiu como é que quer fazê-lo, entre na sua página comercial do Facebook e clique em “Criar um anúncio”. 

Ali você terá umas opções para escolher, como o alcance, o tráfego, a geração de cadastro e outros.

Atualmente há 11 tipos de anúncios que podem ser criados no Facebook, mas todos eles têm certos aspetos em comum:

  • a importância da imagem, do aspeto visual;
  • as limitações do texto (títulos de 25 caracteres, corpo do texto com 90 caracteres e descrição do link de 30 caracteres); 
  • e a regra dos 20% (o texto na imagem não pode superar o 20% da superfície dela).

 

Segmente o Seu Público

Atendendo à estratégia e aos objetivos que você definiu previamente, é a hora de selecionar a segmentação do seu público, uma das principais caraterísticas da plataforma.

Neste momento, você deverá definir o gênero, a faixa etária, a localização, os interesses e os comportamentos do seu público-alvo. 

Por exemplo: homens com menos de 30 anos da zona de São Paulo que gostem de desportos ao ar livre.

 

Escolha Onde o Seu Anúncio Será Exibido

Você já tem o seu objetivo e o seu público, mas agora é o momento de decidir onde é que a a sua campanha será apresentada. 

Vai anunciar no feed do Facebook ou nos stories do Instagram? Nos dois? No feed do Instagram? 

Uma mesma campanha pode aparecer em distintas áreas da plataforma.

 

Defina o Seu Orçamento

Quanto é que você quer investir? Você pode definir valores diários, mensais, por 7 dias, etc. 

Você pode, por exemplo, investir R$ 300 para uma campanha de um mês. O Facebook distribuirá o investimento de maneira automática nos dias que a plataforma considerar que será mais rentável para a sua campanha.

 

Escolha o Formato do Seu Anúncio

Mais uma vez, esta escolha dependerá da estratégia que você definiu previamente. 

Seja criativo e pense bem qual formato é mais útil para o tipo de campanha que você está criando. Tenha em mente o seu público alvo. 

O anúncio é um vídeo? É uma imagem? É uma peça de conteúdo?

Feito isso, a sua campanha está pronta para ser lançada. A própria plataforma oferece relatórios em tempo real para você analisar o desempenho da campanha.

 

Facebook Ads: Preço

O preço vai depender do tipo de anúncio que você quer fazer e do tempo que ele estará ativo. Mas é possível começar com R$ 1.

 

Dicas e Ferramentas

Existem algumas dicas e ferramentas extras que podem ser de grande ajuda na criação das suas campanhas de marketing no Facebook. 

Vamos ver duas: os Cupons e o Píxel.

 

Cupom Facebook Ads: O Que É?

Os cupons do Facebook são uma forma de pagamento da própria plataforma. 

Podem ser usados para criar campanhas no Facebook e no Instagram (dependendo do tipo de cupom). 

É importante conhecer as políticas Facebook para saber bem como é que funcionam antes de começar a usar eles.

 

O Que é Píxel e Como Funciona?

O Píxel do Facebook é uma ferramenta analítica que permite medir a efetividade dos anúncios através do análise do comportamento dos usuários na página. Ele permite:

  • entender se a nossa campanha está atingindo às pessoas certas;
  • obter mais vendas mediante ofertas automáticas direcionadas às pessoas que apresentam um perfil mais propício à compra;
  • e medir os resultados dos anúncios.

Ter instalado o Pixel antes de começar uma campanha é muito útil, porque ele se ativa automaticamente quando um usuário faz alguma ação na nossa página. 

O Pixel permite:

  • contabilizar as conversões feitas a partir das nossas campanhas;
  • criar uma lista de retargeting para atingir às pessoas que visitaram a nossa página;
  • e criar uma lista de usuários semelhantes para próximas campanhas.

Gostou deste artigo? Ficou com dúvidas? Já usou o Facebook para fazer anúncios? Deixe a sua opinião nos comentários.